Notícia
3
min de leitura

Plano Real: 30 anos da estratégia que acabou com a hiperinflação no Brasil

A criação da nova moeda brasileira aconteceu em três fases nos anos de 1994 e 1995. Equipe do governo buscou envolver a população para que o sétimo plano econômico em menos de 10 anos desse certo.

Economia
Plano Real
Freepick
Redação Brasil Paralelo
Comunicação Brasil Paralelo

Na próxima segunda-feira (01/07), a moeda que estabilizou a economia brasileira após seis planos econômicos fracassados completará 30 anos. As cédulas de real começaram a circular oficialmente um ano após o início do Plano Real, concebido por uma equipe econômica convocada pelo então presidente Itamar Franco. A ideia do governo era controlar a hiperinflação que assolava o país, chegando a incríveis 3000% ao ano. 

Na época, o dia poderia começar com o arroz sendo vendido a um valor e terminar com o mesmo produto custando o dobro. Consumidores não sabiam o que seu dinheiro poderia comprar no final do mês, entrando filas para comprar o que precisavam antes que os valores dos produtos disparassem. 

De acordo com reportagem do jornal O Estado de São Paulo, era comum que as pessoas disputassem “corrida” com os remarcadores de preços nos supermercados. Quem pegasse o produto ainda com o valor mais baixo, conseguia pagar menos. Para conter a situação, a equipe econômica criou em 1993 uma estratégia dividida em três fases. A esta, deu o nome de “plano real”. 

Uma estratégia que mudou os rumos do Brasil

A equipe de economistas que tinha como missão controlar a alta dos preços era formada por Rubens Ricupero, Edmar Bacha, Gustavo Franco, Pedro Malan, Pérsio Arida e Fernando Henrique Cardoso. O grupo decidiu mudar a forma como a moeda brasileira era valorizada. Até então, o valor da moeda dependia da inflação, que estava muito alta. Criaram então o real, uma moeda que tinha seu valor ligado ao dólar.

Só que para garantir o sucesso da operação era preciso fazer a transição com calma, de modo a evitar um novo fracasso. Isso porque em menos de 10 anos o Brasil havia tido seis moedas diferentes e nenhuma conseguira resolver a questão da alta dos preços.De acordo com informações do Estadão, a equipe enfrentou forte oposição tanto da população quanto de políticos da época.

O plano real consistiu em uma espécie de ajuste fiscal. Uma das causas da  inflação era o desequilíbrio das contas públicas, segundo reportagem do jornal Nexo. Antes de colocar a estratégia em prática, o Ministério da Fazenda realizou um duro corte dos gastos públicos. O jornal afirma que era preciso que os gastos governamentais estivessem equilibrados para que o Plano Real desse certo. 

Com a situação estabilizada, a equipe seguiu para a primeira parte do plano, que era  atrair reservas de dólares para o Brasil. Parte da estratégia consistia em basear a valorização do real na moeda americana e não mais na inflação, como era praticado até então. O Plano Real igualaria o valor do real ao valor do dólar e assim conseguiria estabilizar os preços aos poucos. 

O funcionamento da estratégia dependia do investimento de estrangeiros na bolsa de valores brasileira, a Ibovespa. A forma de atrair tais investidores era oferecendo oportunidade de ganhar dinheiro através de juros. Com isso a equipe começou a implementar a primeira fase, que consistia  na elevação da taxa básica de juros. 

Chamada de Selic, a taxa determina a porcentagem mínima de juros cobrados em quaisquer transações financeiras realizada no país. Após a realização dessa operação, foi iniciada a segunda fase, a transição para a nova moeda. Foi criada então uma espécie de criptomoeda, a Unidade Real de Valor (URV). 

A transição do Cruzeiro para o Real

No dia 1º de outubro de 1993, a URV começou a operar. O sistema funcionava fazendo a transição de cruzeiros para URV seguindo uma tabela do governo federal. No primeiro dia da operação, 1 URV equivalia a 132,65 cruzeiros. Gradativamente o valor de 1 URV aumentava em cruzeiros, situação que durou 11 meses.

A partir desse dia, todos os salários e benefícios passaram a ser pagos em URV. Isso significa que se no final do mês 1 URV valesse 46 cruzeiros a mais do que no início do mês, o dinheiro pago ao consumidor não teria perdido valor. Consequentemente, seu poder de compra estaria intacto. Na prática as pessoas poderiam planejar seus gastos, não sendo necessário fazer suas compras assim que recebessem seus salários. 

O então ministro da fazenda Fernando Henrique Cardoso, declarou em entrevista ao programa Silvio Santos, do SBT, que se tudo desse certo até o final de 1994 a inflação estaria controlada. Cardoso explicou que não realizar a transição de forma direta era uma maneira de envolver a população no plano e aumentar as chances de que ele funcionasse. 

Essa situação durou até 30 de junho de 1994, quando o presidente Itamar Franco assinou uma medida provisória que igualava o valor de 1 URV a R$1,00, completando assim a transição monetária. 

No dia em que assinou a medida, Itamar Franco fez um pronunciamento em rede nacional de televisão. O então presidente pediu a população ter a certeza de que as pessoas estariam mobilizadas para fazer o plano dar certo e assim salvar a economia do país

O que aconteceu depois? 

Quando a moeda finalmente ficou estável, outros pontos do dia a dia das pessoas começaram a entrar nos eixos. Primeiramente, o que passou a determinar a porcentagem da Selic foi a inflação. Caso a inflação comece a subir, o Banco Central mantém a porcentagem mais alta. Se a variação dos preços se mantém estável, a instituição baixa a porcentagem.

Após seis tentativas frustradas de estabilizar a economia do Brasil, o Plano Real conseguiu controlar a alta dos preços. No ano de implantação do plano, a inflação foi de 916%. No ano seguinte, essa taxa caiu para 22%, conforme informações do site Poder 360. Um dos membros da equipe que desenvolveu a estratégia venceu a eleição presidencial de 1994, tornando-se o 34º presidente do Brasil. Fernando Henrique Cardoso foi o primeiro presidente eleito após a redemocratização a concluir seu mandato.

Após 30 anos de implementação do Plano Real, a meta do Brasil é manter a inflação em 3% ao ano. Mesmo com todos os problemas a serem enfrentados é possível  comemorar que as corridas entre consumidores e remarcadores de preços agora permanecem registradas apenas nos livros de história.

DE DESCONTO

Assine o plano ideal para você

Aperte o play sem medo

Básico

de
R$
19
/mês
12x
R$
19.00
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Programação BP completa
Assine agora
*Assinatura anual com renovação automática.
Garantia incondicional de 7 dias
HD
Qualidade de vídeo
Nenhum
Downloads offline
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação
MELHOR PLANO

Premium

de
R$
59
/mês
12x
R$
59.00
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Catálogo de filmes selecionados
Assine agora
*Assinatura anual com renovação automática.
Garantia incondicional de 7 dias
Originais 4K
Qualidade de vídeo
10 Títulos
Downloads offline
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação

Intermediário

de
R$
39
/mês
12x
R$
39.00
/mês
Originais e Séries BP, Cursos e formações BP eCatálogo de filmes sele
ASSINE AGORA
*Assinatura anual com renovação automática.
Garantia incondicional de 7 dias
Full HD
Qualidade de vídeo
2 Títulos
Downloads offline
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação

Plano Básico

Assinatura Vitalícia
Valor sem desconto:
12x de
R$ 190,00
Valor à vista:
R$ 2.280,00

Cupom aplicado 37% OFF

Valor com desconto:
12x de
R$ 119,00
Valor à vista:
R$ 1.428,00
Assine uma única vez >
Garantia incondicional de 7 dias.
de
R$
19
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Programação BP completa
*Assinatura anual com renovação automática.
Resumo do plano:
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação
Downloads simultâneos:
Não disponível neste plano.
Qualidade do vídeo:
HD

Plano Premium

Assinatura Vitalícia
Valor sem desconto:
12x de
R$ 590,00
Valor à vista:
R$ 7.080,00

Cupom aplicado 62% OFF

MAIOR DESCONTO

Valor com desconto:
12x de
R$ 219,00
Valor à vista:
R$ 2.628,00
Assine uma única vez >
Garantia incondicional de 7 dias.
de
R$
19
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Programação BP completa
*Assinatura anual com renovação automática.
MAIS COMPLETO
Resumo do plano:
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação
Downloads simultâneos:
10 títulos para assistir offline.
Qualidade do vídeo:
Originais em 4K

Plano Intermediário

Assinatura Vitalícia
Valor sem desconto:
12x de
R$ 390,00
Valor à vista:
R$ 4.680,00

Cupom aplicado 54% OFF

Valor com desconto:
12x de
R$ 179,00
Valor à vista:
R$ 2.148,00
Assine uma única vez >
Garantia incondicional de 7 dias.
de
R$
19
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Programação BP completa
*Assinatura anual com renovação automática.
Resumo do plano:
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação
Downloads simultâneos:
2 títulos para assistir offline.
Qualidade do vídeo:
Full HD

Torne-se Membro da Brasil Paralelo

Assine e tenha 12 meses de acesso a todo o catálogo e aos próximos lançamentos da BP