Como é viver na Rússia? Conheça a vida no maior país do mundo

Redação Brasil Paralelo
Redação Brasil Paralelo
14/4/2022
Compartilhe com amigos

Viver na Rússia não é como viver no Brasil. Saber como é viver no maior país do mundo é como desvendar mistérios de filmes. Winston Churchill, enquanto negociava com a Rússia durante a II Guerra Mundial, disse:

“A Rússia é uma charada envolta em um mistério dentro de um enigma.”

O que você vai encontrar neste artigo?

Artigos novos direto no seu Email

Mantenha-se sempre informado com os conteúdos da Brasil Paralelo. Cadastre-se!

Como é viver na Rússia?

A vida na Rússia possui diversas características diferentes do ocidente, especialmente da América do Sul. Algumas das características mais marcantes que surgem em mente são: pessoas mais sérias e reservadas; vida barata; moral rígida; patriotismo e valorização da cultura local.

Pessoas mais sérias e reservadas - relacionamentos com os russos

Os russos não sorriem à toa. Os depoimentos de brasileiros que moram na Rússia são praticamente unânimes: diferente do país tupiniquim caloroso, não apenas o clima da Rússia é frio. As pessoas do maior país do mundo não costumam dar bom dia para estranhos.

O site russo study in Russia, confirma a percepção. Segundo eles, é um costume da população manter uma expressão séria ao andar na rua e não conversar com estranhos.

Contudo, após o outro se tornar uma pessoa de confiança do russo, é comum que haja sorrisos, piadas e muitas bebedeiras.

Os russos realmente bebem muito. Segundo a OMS, a Rússia é um dos países com maior consumo de álcool do mundo. Existem até pesquisas apontando que os russos têm predisposição genética para aguentar maiores doses de bebidas alcoólicas.

Em reportagem feita com vários brasileiros que vivem na Rússia, o Uol Esportes trouxe muitos aspectos do temperamento russo e seu modo de se relacionar.

Os brasileiros perceberam que os russos são pessoas sérias, não necessariamente frias. Uma das características que diferem do brasileiro é a sinceridade. É comum para os russos ser sincero, praticamente não existe o famoso “vou ali e já volto”.

Muitos russos criticaram o fato dos brasileiros possuírem troca de favores, mentiras cotidianas e enganações, principalmente nos comércios, como no caso das mentiras de Black Friday.

Vida barata

Viver na Rússia é barato. Mil reais equivalem a 20 mil rublos. Com essa quantia é possível viver uma vida muito confortável, podendo sair todos os finais de semana e comprar produtos que são caros no Brasil.

Por exemplo, com aproximadamente R$ 3,80 é possível comprar uma caixa com 8 chocolates Kinder. No Brasil, uma única unidade de chocolate Kinder Bueno custa por volta de R$ 7,89.

A vida para os russos, e todos que recebem sua remuneração com o dinheiro do país, também é relativamente barata. Esse assunto será abordado no tópico sobre o salário mínimo no país.

Moral rígida

Saber como é viver na Rússia exige a compreensão de uma característica importante: os russos possuem uma moral mais rígida que o Brasil. Enquanto o brasileiro médio possui uma moral mais próxima ao relativismo, muitos russos não vivem assim.

Na Rússia, a pornografia é proibida desde 2012. A Lei federal n° 89417-6 proibiu que seja divulgada na internet russa: 

  • apologia às drogas; 
  • apologia ao suicído;
  • apologia a ideias extremistas;
  • pornografia.

Uma pesquisa do Instituto Levada Center demonstrou que 83% dos russos creem que práticas homossexuais são reprováveis. Outras pesquisas apontam um número maior.

Os russos possuem uma moral conservadora, próxima ao Direito Natural.

A maioria da população é Cristã, fiéis da Igreja Ortodoxa Russa. 

Patriotismo e valorização da cultura local

Os russos valorizam muito sua história e seu país. Uma pesquisa feita pela VTSIOM, em 2018, apontou que 92% da população russa é patriota. O país possui diversos feriados nacionais para comemorar grandes feitos do país.

Alguns deles são:

  • Dia da Rússia - feriado em homenagem à declaração de independência da Federação Russa, no dia 12 de junho de 1990, após o fim da União Soviética. No dia 12 de junho de 1990 são realizadas diversas festas e concertos por todo o país.
  • Dia da Vitória - No dia 9 de maio os Russos comemoram a vitória da URSS sobre a Alemanha nazista. É considerada uma das principais festas do país. Os russos fazem desfiles militares e homenageiam os veteranos de guerra.
  • Dia da Primavera e do Labor - feriado de origem soviética no qual os russos celebram o dia dos trabalhadores. Atualmente, os sindicatos russos se reúnem em desfiles e festas.
  • Feriados religiosos - para entender como é viver na Rússia é necessário entender o calendário cristão, da maneira que os ortodoxos russos organizam. As principais festas cristãs são feriados nacionais muito celebrados, especialmente o Natal e a Páscoa.

Para saber como é viver na Rússia é preciso conhecer a história do país e a estrutura da Igreja Ortodoxa Russa, muito presentes na cultura do maior país do mundo. Comentários sobre a cultura do país estão no último tópico.

Comemoração do dia vitória.

O salário mínimo na Rússia e a economia

O salário mínimo na Rússia é de 9.489 (R$538) rublos russos por mês. Essa quantia não sustenta uma vida que satisfaça todas as necessidades básicas materiais. Segundo o governo do país, para viver na Rússia o mínimo necessário é de 11.163 rublos (R$633).

Porém, o salário médio do país é superior ao salário mínimo. O salário médio da Rússia é de aproximadamente 50 mil rublos, de maneira que a maioria da população vive com conforto.

Alguns exemplos de salários médios na Rússia são, aproximadamente:

  • Salário de um contador - 91.000 rublos;
  • Salário de um arquiteto - 108.000 rublos;
  • Salário de um garçom - 50.000 rublos;
  • Salário de um pedreiro - 60.500 rublos;
  • Salário de um dentista - 263.810 rublos.

Não se sabe ao certo os efeitos que as sanções econômicas do Ocidente contra a Rússia podem causar. Contudo, a Rússia possui uma vantagem nesse quesito: já é acostumada a viver com sanções dos países da OTAN. 

Seus negócios priorizam o comércio com países de fora da OTAN, especialmente os membros do BRICs.

A China investe muito dinheiro no país, um dos fatores que auxilia a economia russa.

O que é preciso para morar na Rússia?

Para morar na Rússia, é necessário cumprir as burocracias que o governo do país exige para avaliar quem está entrando no país. Os vistos possíveis para morar na Rússia são:

  • Visto para morar – para morar na Rússia, é necessário que o requerente se candidate ao visto de moradia, precisando passar por algumas etapas de apresentação de documentação e entrevistas com representantes do país.
  • Visto para trabalhar - para trabalhar na Rússia, é necessária a apresentação de um contrato com alguma empresa que tenha sede no país. Esse visto pode durar de 90 dias a 1 ano.
  • Visto para se tornar um estudante na Rússia - esse visto é fornecido apenas para aqueles que foram aceitos numa universidade ou instituição de ensino russa.
  • Visto para viagens curtas  – os brasileiros não precisam de visto para viajar para a Rússia por períodos de até 90 dias. Os europeus, por outro lado, precisam de visto que tem validade de até 30 dias.

É seguro morar na Rússia?

De acordo com os números de crimes e experiência de brasileiros que vivem na Rússia, o país é seguro. Muitos afirmam que não há preocupação quanto a andar na rua à noite, por exemplo. Eles afirmam que o policiamento é muito presente nas ruas.

O site Numbeo reuniu os indicativos de crimes na Rússia e demonstrou que o país possui um nível baixo de criminalidade.

A cultura russa - história, guerras modernas e antigas e visão de mundo

Atual brasão de armas da Rússia.

A cultura russa é bem distinta das dos povos ocidentais. Enquanto os ocidentais são descendentes dos latinos e outra parte dos germânicos e anglo-saxões, os russos são descendentes dos eslavos.

A cultura eslava é mais rústica, em partes devido à demora em saírem da era antiga, e em partes devido ao clima muito hostil que os obriga a lutarem pela sobrevivência.

A Rússia tem participado e promovido muitas guerras recentemente, com o apoio da sua população.

O modo como os russos enxergam sua nação e sua missão no mundo é o que guia suas ações. Para entender como é a visão russa, é necessário recorrer a uma parte importante da história do país.

A visão histórica permite entender certas ações da Rússia moderna como país e o apoio do seu povo aos planos militares na Criméia e na Ucrânia, por exemplo.

Os russos possuem uma devoção muito forte à sua pátria, surgida especialmente desde 1453. O império russo já estava consolidado nesse período, possuindo muito poder e um vasto território. Neste ano, o Império Bizantino, continuação do Império Romano, foi completamente destruído.

A Rússia foi formada a partir da cultura bizantina, já que os bizantinos eram seus vizinhos territoriais.

Desde a fundação de Moscou, os russos já passaram a formar uma ideia de que sua nação era a sucessora do Império Romano, assim como os bizantinos. Havia uma mística em torno dos romanos que afirmava que era o destino da nação dominar o mundo.

Grande parte desse pensamento foi formado a partir da glória vinda da pax romana. Com os problemas da decadência do império, séculos depois da pax, a capital do império foi transferida para Constantinopla.

Moscou já começava a fomentar uma crença de que era a responsável por civilizar o mundo, especialmente após a vitória contra os mongóis, em 1380.

Os russos conseguiram retirar de seu território aqueles que eram considerados bárbaros. Os mongóis possuíam uma cultura mais primitiva, diferente da Rússia que possuía uma cultura semelhante à de Roma, especialmente devido à catequese feita pelos católicos romanos.

  • Entenda a importância da língua do antigo Império Romano na vida religiosa e intelectual de grande parte do mundo: o latim.

Em 1547 essa cultura de herança do império romano tornou-se explícita. O imperador russo Ivan IV, conhecido como O Terrível, declarou-se czar ("César"), realizando uma cerimônia pública de coroação na catedral de Moscou.

O Patriarca Ortodoxo de Constantinopla realizou a coroação como o Bispo da 2ª Roma, algo muito simbólico.

Após a queda de Constantinopla, segunda capital do Império Romano, os russos passaram a afirmar que Moscou é a nova Roma, a teoria da Terceira Roma.

A palavra czar é a versão russa de César, o título do imperador romano dado em homenagem ao general Júlio César. Todos os imperadores russos passaram a ser chamados de césares depois deste dia.

Faz parte da cultura russa crer que seu país tem uma missão de salvação do mundo. O símbolo do Império Russo, que foi resgatado após o fim da URSS, sendo o símbolo da bandeira da atual Rússia, é a águia bicéfala.

Esse símbolo significa que o país é uma nação superior às demais e consegue observar e atuar em todo o mundo. Isso porque a águia é a ave que atinge as maiores alturas do reino animal, e as duas cabeças voltadas para a esquerda e direita mostram que o país voa sobre o Ocidente e o Oriente.

O símbolo da ave bicéfala era utilizado no Império Bizantino com o mesmo propósito, anteriormente ao Império Russo.

Isso permaneceu com a URSS, especialmente durante a Guerra Fria, e aparenta continuar com Putin e sua política de expansão militar.

  • Quem é Vladimir Putin? Conheça o ex-agente da KGB que está há 22 anos no poder.

Muitos russos apoiam essa cosmovisão. Conhecer a cultura bizantina é importante para entender como é viver na Rússia. A população ainda apoia a visão expansionista do país. Segundo pesquisa divulgada no Washington Post, 58 % da população apoia as ofensivas de Putin contra a Ucrânia, e muitos não têm opinião sobre.

Entender como é viver na Rússia é conhecer a história, a cultura e os projetos de um povo que influencia o mundo.

Desde a Invasão Bolchevique e da Guerra Fria, a Rússia vem influenciando os rumos da economia, política e, principalmente, da cultura do mundo.

Grande parte das músicas, filmes, e até mesmo das leis do Brasil são influenciados pelos valores espalhados pela Rússia no mundo.

Para entender profundamente a influência deste povo no nosso, a Brasil Paralelo elaborou o documentário Invasão Bolchevique e o curso Uma Breve História da Rússia, ambos presentes no Núcleo de Formação da Brasil Paralelo.

Com essas informações, o mundo será melhor compreendido, e você entenderá grande parte das ideias que tentam pautar sua vida.

Comente e compartilhe. Quem você acha que vai gostar de ler sobre como é viver na Rússia?

A Brasil Paralelo é uma empresa independente. Conheça nossas produções gratuitas. Todas foram feitas para resgatar os bons valores, ideias e sentimentos no coração de todos os brasileiros.

Compartilhe com amigos

Artigos novos direto no seu Email

Mantenha-se sempre informado com os conteúdos da Brasil Paralelo. Cadastre-se!

Outros Artigos

VER TODOS