Notícia
3
min de leitura

Demissão do presidente da Petrobras: governistas optam pelo silêncio e oposição aponta “intervenção”

Presidente da Petrobras foi demitido do comando da empresa nesta terça-feira (14 de maio de 2024) pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

Brasília
Congresso Nacional
Política
Jefferson Rudy/Agência Senado
Redação Brasil Paralelo
Comunicação Brasil Paralelo

Na última terça-feira (14 de maio de 2024), um movimento brusco abalou os alicerces da Petrobras e, por consequência, do cenário político e econômico do Brasil. 

Jean Paul Prates foi demitido do comando da gigante petrolífera pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em uma decisão que já gera intensos debates e suspeitas de intervenção política.

A notícia da demissão de Prates foi confirmada pela Petrobras. Em um comunicado ao mercado financeiro, a empresa informou que recebeu uma solicitação de Prates para que o conselho de administração se reunisse e analisasse o encerramento antecipado de seu mandato. 

Caso o encerramento fosse aprovado, Prates apresentou sua intenção de renunciar também ao cargo de membro do conselho.

Para ocupar o cargo deixado por Prates, a Petrobras anunciou a nomeação de Magda Chambriard. Engenheira civil com pós-graduação em engenharia química, Chambriard traz consigo uma vasta experiência, tendo presidido a Agência Nacional do Petróleo (ANP) durante o governo de Dilma Rousseff, de 2011 a 2016. 

A escolha foi feita pelo Ministério de Minas e Energia, numa tentativa de dar continuidade aos projetos da estatal.

Como os parlamentares se posicionaram?

Enquanto a base governista optou por um silêncio estratégico, talvez aguardando desdobramentos ou evitando controvérsias desnecessárias, a oposição não hesitou em levantar a voz. 

Parlamentares oposicionistas acusam o governo de uma intervenção direta na Petrobras, sugerindo que a demissão de Prates é um movimento político para influenciar decisões internas da empresa, especialmente em um momento de flutuação nos preços dos combustíveis e tensões econômicas.

Para o senador Hamilton Mourão (Republicanos-RS), a demissão é um exemplo de que o “PT não tem limites”.

“A demissão de Jean Paul Prates mostra que o fisiologismo do PT não tem limites! Intervir em uma companhia, do porte da Petrobras, de capital privado, para transformar a empresa em um agente de políticas públicas, é repetir velhos erros da esquerda, um abuso inaceitável!”, disse o ex-vice-presidente.

Na mesma linha, o deputado federal Mendonça Filho (União-PE) diz que a saída de Prates “mostra que o Governo segue firme derrubando o valor de um dos principais ativos do país.”

“A demissão do presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, mostra que o Governo segue firme derrubando o valor de um dos principais ativos do país. O absurdo bater de cabeças, numa das maiores empresas de petróleo do mundo, expõe uma governança envolta em rixa e disputa política.”, afirmou Mendonça. 

Enquanto a oposição usa o caso para criticar Lula e o Partido dos Trabalhadores, poucos governistas se manifestam sobre o ocorrido. 

Uma das exceções foi a governadora Fátima Bezerra (PT), do Rio Grande do Norte. A mandatária agradeceu o presidente da Petrobras e disse que ele “adotou importantes medidas à frente da estatal”.

“Toda gratidão ao companheiro e amigo Jean Paul Prates por sua dedicação enquanto presidente da Petrobras. Jean adotou importantes medidas à frente da estatal, com foco na transição energética, pondo fim ao desinvestimento da Petrobras no RN e com a criação da diretoria de transição energética e de sustentabilidade no nosso Estado. Além disso foi o responsável por relevantes investimentos no projeto da margem equatorial, que teve seu pontapé inicial no Rio Grande do Norte. Todos sabemos da sua contribuição para o avanço e reconstrução do Brasil.”, declarou a petista. 

Alinhada com sua correligionária, a deputada federal Natália Bonavides (PT-RN) também foi uma das poucas vozes da esquerda a sair em defesa de Prates. 

“Obrigada, companheiro Jean Paul Prates, pelo tempo à frente da Petrobras. Parabéns pela importante atuação nas ações de transição energética. Jean reabriu a sede da estatal no RN com foco nas energias renováveis. Foi uma gestão que contribuiu muito para o avanço do Brasil!”, disse Bonavides.

A demissão de Jean Paul Prates ocorre em um contexto de instabilidade e incertezas. Analistas do mercado financeiro já começam a recalibrar suas projeções, enquanto investidores aguardam para ver como a nova liderança de Magda Chambriard afetará o rumo da Petrobras. 

Internamente, a empresa enfrenta o desafio de manter a confiança de seus colaboradores e acionistas, garantindo que a transição seja o mais suave possível.

DE DESCONTO

Assine o plano ideal para você

Ganhe de bônus o workshopp sobre a China com a Doutora em Economia Luciana Yeung

Básico

de
R$
19
/mês
12x
R$
19.00
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Programação BP completa
Assine agora
*Assinatura anual com renovação automática.
Garantia incondicional de 7 dias
HD
Qualidade de vídeo
Nenhum
Downloads offline
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação
MELHOR PLANO

Premium

de
R$
59
/mês
12x
R$
59.00
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Catálogo de filmes selecionados
Assine agora
*Assinatura anual com renovação automática.
Garantia incondicional de 7 dias
Originais 4K
Qualidade de vídeo
10 Títulos
Downloads offline
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação

Intermediário

de
R$
39
/mês
12x
R$
39.00
/mês
Originais e Séries BP, Cursos e formações BP eCatálogo de filmes sele
ASSINE AGORA
*Assinatura anual com renovação automática.
Garantia incondicional de 7 dias
Full HD
Qualidade de vídeo
2 Títulos
Downloads offline
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação

Plano Básico

Assinatura Vitalícia
Valor sem desconto:
12x de
R$ 190,00
Valor à vista:
R$ 2.280,00

Cupom aplicado 37% OFF

Valor com desconto:
12x de
R$ 119,00
Valor à vista:
R$ 1.428,00
Assine uma única vez >
Garantia incondicional de 7 dias.
de
R$
19
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Programação BP completa
*Assinatura anual com renovação automática.
Resumo do plano:
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação
Downloads simultâneos:
Não disponível neste plano.
Qualidade do vídeo:
HD

Plano Premium

Assinatura Vitalícia
Valor sem desconto:
12x de
R$ 590,00
Valor à vista:
R$ 7.080,00

Cupom aplicado 62% OFF

MAIOR DESCONTO

Valor com desconto:
12x de
R$ 219,00
Valor à vista:
R$ 2.628,00
Assine uma única vez >
Garantia incondicional de 7 dias.
de
R$
19
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Programação BP completa
*Assinatura anual com renovação automática.
MAIS COMPLETO
Resumo do plano:
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação
Downloads simultâneos:
10 títulos para assistir offline.
Qualidade do vídeo:
Originais em 4K

Plano Intermediário

Assinatura Vitalícia
Valor sem desconto:
12x de
R$ 390,00
Valor à vista:
R$ 4.680,00

Cupom aplicado 54% OFF

Valor com desconto:
12x de
R$ 179,00
Valor à vista:
R$ 2.148,00
Assine uma única vez >
Garantia incondicional de 7 dias.
de
R$
19
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Programação BP completa
*Assinatura anual com renovação automática.
Resumo do plano:
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação
Downloads simultâneos:
2 títulos para assistir offline.
Qualidade do vídeo:
Full HD

Torne-se Membro da Brasil Paralelo

Assine e tenha 12 meses de acesso a todo o catálogo e aos próximos lançamentos da BP