Devido ao lançamento da série A Sétima Arte, não teremos os programas diários nessa semana. Retornaremos com a programação normal no dia 01 de novembro.

Conheça a vida e o pensamento de Santo Tomás de Aquino, um dos maiores filósofos da história

Redação Brasil Paralelo
Redação Brasil Paralelo
"Vocês o chamam de Boi Mudo; eu lhes digo que esse Boi Mudo mugirá tão alto que seus mugidos preencherão o mundo". Com essas palavras, Santo Alberto Magno se referiu a Santo Tomás de Aquino, cuja biografia ilumina sua filosofia e teologia. 
“Weischedel fez a surpreendente descoberta de que o caminho para a compreensão dos grandes filósofos é mais simples e direto quando se dá pela escada dos fundos, passando pela cozinha e pelos quartos, do que por meio de grossos calhamaços ou de escrupulosas interpretações de suas obras”. (comentário da revista Der Spiegel à obra Escada dos Fundos da Filosofia) 

Com uma vida de amor e ascese, Santo Tomás se tornou um dos intelectuais mais influentes do mundo. 

O que você vai encontrar neste artigo?

Artigos novos direto no seu Email

Mantenha-se sempre informado com os conteúdos da Brasil Paralelo. Cadastre-se!

Quem foi Santo Tomás de Aquino? O que ele defendia?

Santo Tomás de Aquino foi o maior expoente do movimento filosófico da Escolástica. Foi aluno e professor da Universidade de Paris. Seu trabalho foi responsável por reviver os estudos de Aristóteles pela Europa, moldando para sempre a filosofia e a teologia cristã.

Nota: convencionou-se na tradição ibérica chamar a Santo Tomás de Aquino de Santo, em vez de São

Na língua portuguesa, se o nome do Santo começa com consoante, ele é chamado de São; se com vogal, então Santo, por razões de eufonia. 

Entretanto, Santo Tomás é a única exceção justamente para mais engrandecê-lo, singulariza-lo e honrá-lo. É algo piedoso chamar-lhe extensamente de Santo.

Biografia

Santo Tomás nasceu por volta de 1226, na Itália, em Aquino. Sua família era nobre e rica. Tomás nasceu em um grande e luxuoso castelo. Seu pai, Conde Landolfo de Aquino, era um dos militares mais importantes da época.

Um dia, o conde envolveu-se em um combate na Itália que culminou na destruição do principal mosteiro do mundo: o Mosteiro de Montecassino, fundado pelo próprio São Bento, pai do monaquismo ocidental. 

Para redimir-se perante a Igreja, o conde moveu esforços para que seu filho, o pequeno Tomás, se tornasse um monge beneditino. 

O garoto já tinha propensão a vida religiosa, facilitando a vida do pai. O plano era fazer do filho um monge rico, opulento, chefe do mosteiro de Montecassino.

Contudo, Tomás não tinha nada disso em mente. Ao contar sua vontade para a família, gerou-se um alvoroço em sua cidade. 

  • Conheça a vida e as 5 principais ideias de um dos maiores mestres de Santo Tomás de Aquino: Santo Agostinho

Tomás, profundo amante de Cristo, havia decidido se entregar totalmente pelo reino dos céus. Escolheu viver a pobreza total na Ordem dos Pregadores, os dominicanos, uma ordem mendicante pautada nos estudos filosóficos. 

Seu pai e toda sua família ficaram completamente transtornados. 

Com o espírito borbulhando de ira, seu pai armou uma emboscada para o jovem. Seus capangas o sequestraram e o prenderam numa masmorra, buscando dissuadi-lo da vida religiosa.

Seu pai não aceitava que o filho vivesse uma verdadeira vida de pobreza, castidade e obediência, como era a vida dos frades de São Domingos.

Em dado momento do cárcere, o Conde de Aquino mandou uma formosa prostituta a seduzir Tomás para que ele se entregasse aos prazeres do mundo e se tornasse mais um dos chefes mundanos da família.

Imediatamente, ao ver a prostituta, Santo Tomás tomou o tição ardente retirado da lareira de seu quarto e perseguiu a mulher que tentava afastá-lo de Cristo.

Os algozes se surpreenderam ao ver a moça fugir em desespero do quarto, bem como os pais de Santo Tomás. Neste momento, os pais do filósofo perceberam que não conseguiriam dissuadi-lo da vocação.

Santo Tomás de Aquino foi estudar com os Dominicanos nas melhores universidades da época. Tomás é do período do surgimento das universidades européias, fundadas pela Igreja Católica a partir do século XII. 

Durante sua graduação, Tomás era visto como um aluno estúpido e lerdo. Ele era introspectivo e não participava dos debates. Por ser muito gordo e extremamente quieto, só falando o necessário, foi apelidado de Boi Mudo

Entretanto, ao conhecer a fama que Tomás recebera de seus colegas, seu mestre, Santo Alberto Magno, fez a famosa proclamação nos corredores da Universidade de Paris:

"Vocês o chamam de Boi Mudo; eu lhes digo que esse Boi Mudo mugirá tão alto que seus mugidos preencherão o mundo".

Os mais importantes feitos de Tomás

Principais ideias de Santo Tomas de Aquino

Santo Tomás corrigiu os erros de interpretação e tradução feitos sobre as obras de Aristóteles. 

Mesmo sem conhecer grego antigo, Tomás percebeu o erro das traduções em algumas obras do filósofo grego apenas por perceber que estavam indo contra o pensamento de Aristóteles.

Devido ao profundo estudo de Tomás, Aristóteles voltou a ser lido pelos intelectuais europeus que rejeitavam o autor.

Tomás possui várias obras que comentam os livros de Aristóteles, chegando até mesmo a desenvolver as teorias deixadas pelo filósofo grego, ou, o Filósofo, como Tomás o chamava. 

As obras de Santo Tomás se tornaram a base de toda a vida intelectual logo após serem escritas. Essa é a opinião de grandes pensadores, como Edith Stein, Mortimer J. Adler, Étienne Gilson, Antonin-Gilbert Sertillanges, Chesterton, Olavo de Carvalho e muitos outros. 

  • “Todos os homens tendem, por natureza, ao conhecimento”, diz Aristóteles. Aprenda a ser mais inteligente baseado na obra do tomista, A. D. Sertillanges!

A Igreja Católica considera Santo Tomás de Aquino o Doctor Communis, a base da análise e do desenvolvimento de qualquer estudo, seja filosófico ou teológico. 

Objetivo de Santo Tomás

Todos os biógrafos concordam em um ponto: o único desejo de Santo Tomás era amar a Deus. 

Santo Tomás dizia que não era um filósofo, mas sim um teólogo. Como para ele Deus criou e circunda todas as coisas, esse foi o motivo de Tomás estudar temas variados. Tomás escreveu obras sobre Direito e até mesmo sobre Física. 

Existem diversos relatos de Tomás chorar de emoção durante a Missa. Antes de ser filósofo, ele era cristão, e foi isso que o motivou a seguir a vida de estudos. Suas obras visavam especialmente a combater os erros dos que divergiam de sua religião.

Nos seus estudos, seu único desejo era amar e conhecer mais a Deus, fazendo isso através do uso da razão nas coisas criadas, que, segundo o Aquinate, possuem a assinatura do Criador. 

Seu objetivo era demonstrar que a razão não contradiz a Fé Revelada, e que o intelecto aponta para a Fé.

Todos seus estudos e livros buscavam entender a Deus. Ele escrevia para fazer com que os demais se tornassem católicos. Tomás desejava que o próximo encontrasse a felicidade perfeita que, para ele, é apenas fornecida pelo Criador, fundador do catolicismo. 

Pensamento de Santo Tomás de Aquino

Principais obras de Santo Tomás de Aquino

A base de todo o pensamento de Santo Tomás de Aquino é a confiança na razão e nos sentidos para alcançar a compreensão da realidade. Devido a essa ideia, Chesterton chamou a filosofia tomista de filosofia do senso comum.

O Aquinate disse:

“O estudo da filosofia não trata do que as pessoas pensaram, mas da verdade das coisas”.

Santo Tomás de Aquino estava alicerçado na dialética socrática e na metodologia investigativa de Aristóteles. 

Ele afirmou que o intelecto humano consegue descobrir o ser de cada coisa a partir da experiência sensível e da reflexão racional, ou seja, compreender a finalidade dos seres.

Por isso, ele definiu a verdade como: “Adequação do intelecto à coisa”. Com base nisso, pode dizer-se que a inteligência é adequação do intelecto à realidade, ou seja, a faculdade de possuir a verdade das coisas.

Muitas filosofias antigas pregam o afastamento da razão e afirmam que a realidade é uma ilusão. Este é o caso do budismo, do hinduísmo, do gnosticismo e muitos outros grupos.

Muitos pensadores modernos também seguem essa linha, como Freud, Rousseau, Lutero, Kant e muitos outros. 

Descartes, cujas ideias são a base da filosofia moderna, buscava descobrir se a realidade existe ou não.

Santo Tomás, do outro lado do plano filosófico, não se preocupa se a realidade existe, mas sim por que existe, e como veio a existir.

Suas obras que comentam as 4 causas de Aristóteles e outras que ensinam as 5 vias da existência de Deus, são exemplos de suas pesquisas.

  • Conheça a teoria das 4 causas de Aristóteles, um dos maiores avanços científicos da história. 

Conforme escreveu Chesterton, um de seus biógrafos:

“O tomista apresenta-se à plena luz do dia, à luz da irmandade entre os homens, em seu senso comum de que os ovos não são galinhas, ou sonhos, ou pressupostos pragmáticos, mas coisas atestadas pela autoridade dos sentidos, que vem de Deus”.

Para Santo Tomás, o intelecto é capaz de compreender o ser das coisas, como a finalidade de uma árvore, de uma cadeira, de um animal e até mesmo da própria vida. 

Os conceitos linguísticos demonstram a operação do intelecto que Santo Tomás defende: a definição do ser de algo.

Ao falar escultura, o homem que compreende português sabe que essa palavra corresponde a uma matéria moldada por um ser inteligente para se tornar uma obra de arte.

Ao analisar um animal, percebe-se que é um ser sensitivo dotado de compreensão — não inteligência. É possível descobrir que os olhos são feitos para enxergar, que o sentido do ouvido é ouvir, e assim por diante.

Essa linha de pensamento levou Santo Tomás a defender que também é possível perceber o ser e a finalidade de coisas mais elevadas.

Assim, Tomás defende que o homem também pode conhecer a si mesmo e o sentido da vida.

  • Saiba como encontrar o sentido da sua vida com o Dr. Viktor Frankl, o homem que não esmoreceu nem mesmo após anos em Auschwitz. 

Foi com esta visão, com este ponto de partida, que Santo Tomás formulou suas grandes teses.

Filosofia: principais ideias de Santo Tomás de Aquino

As principais ideias de Santo Tomás de Aquino são:

  • As 5 vias que provam a existência de Deus;
  • Reformulação da teoria na participação no ser de Platão;
  • Comentários às obras de Aristóteles;
  • Avanço nos estudos de psicologia e antropologia;
  • Avanços na teoria do conhecimento (epistemologia).

Santo Tomás também desenvolveu muito a antropologia.

Seus estudos sobre o homem sistematizaram e descobriram novas ramificações das potências da alma, demonstrando a vasta complexidade do ser humano.

Para ele, a razão deve ser a guia do ser humano, submetendo a faculdade da vontade e todos os demais movimentos da alma. 

Contudo, Santo Tomás está longe de ser um reducionista da grandeza do mundo e do homem, pois aceitava os limites da razão humana e até mesmo do autoconhecimento.

Um de seus principais discípulos, A. D. Sertillanges, seguindo o pensamento do mestre, escreveu no seu famoso livro A Vida Intelectual:

“A riqueza infinita do real tem muito a nos instruir [...] pois o real é uma espécie de infinito que nenhuma análise, nenhum cômputo racional chega a esgotar.
As ideias estão nos fatos, elas não vivem por si próprias, como acreditou Platão.
Na qualidade de homem de pensamento, é preciso manter-se nas proximidades do que é, do contrário o espírito vacila”
. 

Principais obras

Santo Tomás de Aquino produziu mais de 60 livros. Sua principal obra, a Suma Teológica, foi escrita para iniciantes de Teologia de sua época. Hoje em dia, porém, é considerada como uma das obras mais complexas já feitas.

  • Para estudar Santo Tomás de Aquino, é necessária uma boa introdução à Filosofia. Para isso, torne-se Membro do Núcleo de Formação da Brasil Paralelo. Você terá conteúdos exclusivos de todos os documentários e acesso a dezenas de cursos sobre história, filosofia, economia, arte e educação. Aprenda com os grandes pensadores da humanidade e receba conteúdo inédito todos os meses. 

Algumas das principais obras de Santo Tomás são:

  • Suma Teológica;
  • Suma Contra os Gentios;
  • Questões Disputadas sobre a Alma;
  • Catena Áurea;
  • O Ente e a Essência;
  • Comentários a Política de Aristóteles;
  • Comentários à Metafísica de Aristóteles.
“A humildade é o primeiro degrau para a Sabedoria”.

Santo Tomás de Aquino.

Comente e compartilhe. Quem você acha que vai gostar de ler sobre São Tomás de Aquino?

A Brasil Paralelo é uma empresa independente. Conheça nossas produções gratuitas. Todas foram feitas para resgatar os bons valores, ideias e sentimentos no coração de todos os brasileiros.

Artigos novos direto no seu Email

Mantenha-se sempre informado com os conteúdos da Brasil Paralelo. Cadastre-se!

Outros Artigos

VER TODOS