Artigo
8
min de leitura

Filmes dos anos 50 - a Era de Ouro do Cinema

Filmes
História
Filmes dos anos 50
Redação Brasil Paralelo

É impossível não mencionar algum dos filmes dos anos 50 quando um apreciador do cinema começa a falar sobre as grandes obras primas da sétima arte! Diretores consagrados como Alfred Hitchcock, do filme Psicose, Akira Kurosawa, autor de Os 7 Samurais, filme que inspirou Star Wars, e Ingmar Benson, diretor de O Sétimo Selo, são desse período de ouro do cinema. 

Obras consagradas como Ben Hur e Os 10 Mandamentos foram realizadas em sets gigantescos, com cenários reais, dando mais vida ainda aos filmes dos anos 50.

Mesmo com menos tecnologia, a arte de contar histórias nos anos 50 não perde em nada para o cinema industrial moderno.

O que você vai encontrar neste artigo?

Era de Ouro do Cinema

A Era de Ouro do Cinema marca o grande desenvolvimento dos filmes estadunidenses. Foi nesse período que os maiores estúdios dos tempos atuais começaram a se desenvolver. Entre a década de 1920 até 1960, a MGM, Warner Bros., 20th Century Fox, RKO, Paramount Studios e a Disney criaram as grandes obras do cinema clássico.

Os anos 50 entraram na era de ouro como a década das obras primas. Por não possuir tecnologia de computação gráfica, os épicos desse período usavam cenários e figurantes reais.

Os filmes custavam muito dinheiro já que não usavam tanta tecnologia, porém, possuíam a vantagem de apresentar obras mais realistas, e até mesmo mais bonitas. As tecnologias de remasterização atuais permitem que as obras fiquem ainda mais belas e apreciáveis.

Um fator essencial para o desenvolvimento dos filmes dos anos 50 foi a popularização da televisão. Muitas famílias que adquiriram TV´s deixaram de ir ao cinema. Grande parte da renda da industria cinematográfica vinha das famílias que tinham como um dos principais lazeres o o passeio no cinema.

Para atrair este público de volta, as produções passaram a explorar estilos de filmagem que eram melhor aproveitadas na tela do cinema. Foi o caso da criação da filmagem em widescreen, métodos como o cinemascope, vetavision, cinerama e outros novos estilos.

O cinema japonês foi um dos que tiveram mais destaque. A década de 50 foi o auge do diretor Akira Kurosawa, diretor que inspirou George Lucas a fazer Star Wars, muitos dos principais clássicos de cowboy e muitos dos filmes de super-herói modernos.

Contos de Tóquio, Contos da Lua Vaga e Portal do Inferno são outros exemplos de filmes japoneses dos anos 50 que marcaram a história do cinema.

A década de 50 também consagrou atores e diretores no hall da história dos filmes, alguns deles são:

  • James Dean;
  • Marlon Brando;
  • Stanley Kubrick;
  • Charles Laughton;
  • Charlton Heston;
  • Billy Wilder;
  • Valerio Zurlini;
  • François Truffaut;
  • Elizabeth Taylor;
  • Grace Kelly e muitos outros.

Filmes que marcaram os anos 50

Confira uma lista com os principais filmes dos anos 50 elaborada a partir da votação popular e dos críticos especializados do Rotten Tomatoes e do IMDb:

Quo Vadis, de Mervyn LeRoy

Quo Vadis - melhores filmes dos anos 50

Nota no Rotten Tomatoes (site especializado em crítica de cinema): 83/100.

Segundo o crítico de cinema Jonathan Rosenbaum:

"A versão opulenta da MGM da Roma antiga por volta de 1951, com Peter Ustinov em suas honras mais caprichosas como o louco Nero", afirmou o crítico no jornal Chicago Reader, conforme postado no Rotten Tomatoes.

Confira o trailer:

Os 10 Mandamentos, de Cecil B. DeMille

Quo Vadis - melhores filmes dos anos 50

Nota no Rotten Tomatoes: 84/100.

"De Mille coloca cada ator e drapeja cada vestido Edith Head com um orgulho tão meticuloso que é como se as mãos da história, se não o próprio Deus, fossem responsáveis", afirma o crítico Bill Chambers, no site de cinema Film Freak Central.

Confira o trailer:

Ben Hur, de William Wyler

Ben Hur - melhores filmes dos anos 50

Nota no Rotten Tomatoes: 85/100.

"62 anos depois, não há muito o que dizer além disso; uma obra-prima absoluta. O que foi realizado narrativa e tecnicamente todos esses anos atrás é uma obra de gênios do cinema", afirmou o crítico Victor Pinheiro, no site Seventh Art Studio.

Confira o trailer:

O Sétimo Selo, de Ingmar Benson

Sétimo Selo - filmes anos 50

Nota no Rotten Tomatoes: 93/100.

"Obcecado com as ideias de amor, vida, morte, bem e mal, [Bergman] faz a mediação enquanto avança, absorvendo símbolos, parábolas e imagens que muitas vezes são de uma beleza de tirar o fôlego", disse o crítico Jonas Mekas na Revista Vilage Voice Film Culture.

O Crepúsculo dos Deuses, de Billy Wilder

FIlme Crepúsculo dos deuses

Nota no Rotten Tomatoes: 93/100.

"Perturbador, mas amargamente engraçado, Sunset Blvd. permanece como talvez o maior de todos os filmes sobre Hollywood" - Brian Eggert na revista Deep Focus ReviA Palavra, de Carl Theodor Dreyer

A Palavra

A Palavra - melhores filmes dos anos 50.png

Nota no Rotten Tomatoes: 100/100.

"Em “Ordet”, a vida é feita de pequenos momentos que moldam quem somos e como pensamos. Não pude deixar de me sentir envolvido pela grandeza ao ver esta mensagem sendo entregue em pitorescas molduras monocromáticas dignas de serem colocadas em um museu" - Wael Kairy, na revista The Cinephile Fix

Sindicato de Ladrões, de Elia Kazan

Sindicato de Ladõres - filmes anos 50

Nota no Rotten Tomatoes: 99/100.

"É um dos filmes americanos mais poderosos dos anos 50, e poucos filmes causaram tanta conversa, excitação e dissensão - principalmente por causa da atuação de Marlon Brando como o vagabundo desarticulado Terry Malloy" - Pauline Kael no jornal New Yorker.

Confira o trailer:

Um Corpo Que Cai, de Alfred Hitchcock

Um Corpo que cai - filmes anos 50

Nota do Rotten Tomatoes: 92/100.

"Vertigo é um filme com inúmeras camadas que podem ser discutidas em profundidade e longamente. Isso não quer dizer que também não seja um filme agradável. Hitchcock sabia como fazê-los. É por isso que seus filmes são geralmente amados pela crítica e pelo público" - Wesley Lovell, na revista Cinema Sight.

Doze Homens e Uma Sentença, de Sidney Lumet

Doze homens e uma sentença - melhores filmes dos anos 50

Nota do Rotten Tomatoes: 100/100 - disponível no streaming da Brasil Paralelo.

"É uma mistura quase perfeita de tema e cenário, drama pessoal e comentário social, um microcosmo que sugere um mundo inteiro fora do quadro" - Sean Axmaker, na revista Stream on Demand.

Trono Manchado de Sangue, de Akira Kurosawa

Trono manchado de sangue - melhores filmes dos anos 50

Nota no Rotten Tomatoes: 96/100.

"Uma das melhores adaptações de Shakespeare já feitas, e o diretor Akira Kurosawa se superou ao dirigir o brilhante Ran, inspirado no Rei Lear, 28 anos depois, apenas consolida o fato de que ele sempre será anunciado como um dos grandes" - Matt Brunson, na revista Creative Loafing.

Viver, de Akira Kurosawa

Viver, Akira Kurosawa - filmes anos 50

Nota no Rotten Tomatoes: 98/100.

"A tristeza, dentro de uma história de como um único homem muda o curso de seus dias restantes, raramente foi expressa com tanta graça e beleza" - Robert Koehler, na revista Cinema Scope.

A Paixão de uma Vida, de John Ford

A Paixão de Uma Vida - melhores filmes dos anos 50

Nota no Rotten Tomatoes: 90/100.

"Drama comovente, com muitas abordagens cinematográficas incomuns" - Michael E. Grost, na revista Classic Film and Television.

Os 7 Samurais, de Akira Kurosawa

Nota no Rotten Tomatoes: 100/100.

"A obra-prima da aventura épica de Kurosawa é um dos melhores filmes já feitos" - disse Fico Cangiano no podcast CineXpress.

Confira o trailer:

Cantando na Chuva, de Gene Kelly e Stanley Donen

Nota do Rotten Tomatoes: 100/100.

"Este é um filme de uma época passada – uma época em que o público podia se impressionar com a pura felicidade de uma história e se emocionar com o trabalho de pés de um mestre" - Keith Garlington na revista Keith & the Movies

Filmes imperdíveis - veja onde assistir

Alguns dos principais filmes dos anos 50 estão disponíveis para assistir em streaming (de forma online). Por serem clássicos do cinema, foram remasterizados para que a qualidade da fotografia acompanhe a qualidade da narrativa. Os filmes selecionados possuem ótima reputação com a crítica. 

A Brasil Paralelo possui diversos clássicos, modernos e antigos, produzidos pelos maiores nomes do cinema, como Steven Spielberg, Martin Scorsese e Andrei Tarkovski.

Os clássicos dos anos 50, presentes na plataforma, são:

  • Doze Homens e Uma Sentença;
  • Sindicato de ladrões;
  • A Palavra;
  • A Paixão de Uma Vida;

Sindicato de Ladrões

Sindicato de Ladrões - filmes anos 50
Pôster do filme Sindicato de Ladrões.

Grande obra feita pelo mestre do cinema, Elia Kazan, Sindicato de Ladrões é uma metáfora da situação de Hollywood à época que o filme foi lançado. Depois de ter militado pelo partido comunista e trabalhado na infiltração deste em Hollywood, o diretor se arrepende, depõe no congresso americano e se emenda pela traição que cometeu aos Estados Unidos.

Essa denúncia fez com que Kazan fosse muito perseguido em Hollywood.

Sua resposta aos perseguidores é artística: o filme conta a história de Terry, interpretado por Marlon Brando, um boxeador que se perdeu no mundo do crime, dominado por um sindicato maligno.

Esse sindicato impede o desenvolvimento das pessoas, dos trabalhadores honestos, mas Terry está disposto a defender a verdade e enfrentar esse establishment.

Por que assistir?

O filme trata da importância da defesa da verdade e dos valores e como tudo isto deve ser preservado. Mesmo que um sindicato, que no filme simboliza o aparato socialista ou o establishment, busque impedir isto.

A Palavra

A Palavra - filmes anos 50
Cena do filme A Palavra.

Uma família de fazendeiros lida com conflitos internos e uma crise de fé.

Por que assistir?

É um clássico nórdico do diretor Carl Theodor Dreyer. O filme fala da temática da fé em uma família que um dos filhos acredita ser Jesus Cristo. Diante disso, há um drama em relação ao que é a palavra, o Evangelho dito ou pensado, e o que é a presença real divina. 

O filme é muito bom para aqueles que procuram reflexões espirituais e filosóficas e procuram aprofundar nisso nas experiências cotidianas.

A Paixão de Uma Vida

A Paixão de Uma Vida - filmes anos 50
Cena do filme A Paixão de Uma Vida.

Em 1898, o imigrante irlandês Martin Maher é contratado como funcionário da academia militar West Point, nos Estados Unidos. Durante uma carreira de 50 anos, ele ascende ao posto de sargento e instrutor.

Por que assistir?

É um filme divertido para se ver com a família. Ele conta a história real de um imigrante irlandês que chega aos Estados Unidos. Lá ele encontra amigos, festas, o amor da sua vida e um motivo pelo qual lutar.

Brasil Paralelo — assista os melhores filmes clássicos

Diversos filmes premiados (legendados ou dublados) de Hollywood e do mundo inteiro, programas e produções originais da Brasil Paralelo estão disponíveis para os membros do streaming da BP.

A plataforma foi lançada no dia 27 de setembro de 2021 e já possui mais de 430.000 assinantes. O catálogo também possui desenhos infantis exclusivos. A proposta é oferecer um conteúdo que diverte e educa ao mesmo tempo.

Três demandas principais motivaram a criação da plataforma de filmes:

  1. Segurança – filmes com conteúdo de qualidade, sem valores contrários à família e que permitem bons aprendizados junto com entretenimento.
  2. Controle – aplicativo de televisão para que os conteúdos sejam assistidos em qualquer lugar, até mesmo no sofá de casa. O aplicativo é compatível com computadores, celulares, tablets e televisores.
  3. Experiência de cinema – os assinantes podem apertar o play sem medo. São mais de 90 produções originais, mais de 300 entrevistas exclusivas e uma lista de filmes escolhida a dedo, além do acesso aos programas da Brasil Paralelo direto na Plataforma de Membros.

Os filmes foram selecionados a dedo pela curadoria da Brasil Paralelo. São obras que saltam da tela e tocam o coração, com mensagens boas e valores seguros. Além dos filmes comentados acima a plataforma ainda exibe outros filmes antigos e modernos

Não perca tempo! Saiba mais sobre o melhor streaming do Brasil tocando neste link.

Quer aprender mais sobre cinema? 

Pensando na profundidade filosófica existente na arte do cinema, a Brasil Paralelo fez uma série de documentários com grandes intelectuais do Brasil e do mundo. São episódios fortes, imersivos, que destrincham muitos dos elementos que fazem o homem ser apaixonado por filmes.

Os documentários debatem o porquê de nós gostarmos tanto de filmes (e séries), se existe uma beleza objetiva na arte do cinema ou se os gostos são puramente subjetivos, se tudo é permitido.

Assista agora, gratuitamente, na plataforma da Brasil Paralelo.

Comente e compartilhe. Quem você acha que vai gostar de ler sobre os melhores filmes dos anos 50?

A Brasil Paralelo é uma empresa independente. Conheça nossas produções gratuitas. Todas foram feitas para resgatar os bons valores, ideias e sentimentos no coração de todos os brasileiros.

DE DESCONTO

Escolha o Plano ideal para você

e aperte o play sem medo

Básico

de
R$
19
/mês
12x
R$
19.00
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Programação BP completa
Assine agora
*Assinatura anual com renovação automática.
Garantia incondicional de 7 dias
HD
Qualidade de vídeo
Nenhum
Downloads offline
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação
MELHOR PLANO

Premium

de
R$
59
/mês
12x
R$
59.00
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Catálogo de filmes selecionados
Assine agora
*Assinatura anual com renovação automática.
Garantia incondicional de 7 dias
Originais 4K
Qualidade de vídeo
10 Títulos
Downloads offline
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação

Intermediário

de
R$
39
/mês
12x
R$
39.00
/mês
Originais e Séries BP, Cursos e formações BP eCatálogo de filmes sele
ASSINE AGORA
*Assinatura anual com renovação automática.
Garantia incondicional de 7 dias
Full HD
Qualidade de vídeo
2 Títulos
Downloads offline
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação

Plano Básico

Assinatura Vitalícia
Valor sem desconto:
12x de
R$ 190,00
Valor à vista:
R$ 2.280,00

Cupom aplicado 37% OFF

Valor com desconto:
12x de
R$ 119,00
Valor à vista:
R$ 1.428,00
Assine uma única vez >
Garantia incondicional de 7 dias.
de
R$
19
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Programação BP completa
*Assinatura anual com renovação automática.
Resumo do plano:
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação
Downloads simultâneos:
Não disponível neste plano.
Qualidade do vídeo:
HD

Plano Premium

Assinatura Vitalícia
Valor sem desconto:
12x de
R$ 590,00
Valor à vista:
R$ 7.080,00

Cupom aplicado 62% OFF

MAIOR DESCONTO

Valor com desconto:
12x de
R$ 219,00
Valor à vista:
R$ 2.628,00
Assine uma única vez >
Garantia incondicional de 7 dias.
de
R$
19
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Programação BP completa
*Assinatura anual com renovação automática.
MAIS COMPLETO
Resumo do plano:
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação
Downloads simultâneos:
10 títulos para assistir offline.
Qualidade do vídeo:
Originais em 4K

Plano Intermediário

Assinatura Vitalícia
Valor sem desconto:
12x de
R$ 390,00
Valor à vista:
R$ 4.680,00

Cupom aplicado 54% OFF

Valor com desconto:
12x de
R$ 179,00
Valor à vista:
R$ 2.148,00
Assine uma única vez >
Garantia incondicional de 7 dias.
de
R$
19
/mês
Originais e Séries BP, Aplicativo e plataforma e Programação BP completa
*Assinatura anual com renovação automática.
Resumo do plano:
Originais e Séries BP
Catálogo de filmes selecionados
Catálogo infantil seguro
+ de 300 entrevistas completas
Cursos do Núcleo de Formação
Downloads simultâneos:
2 títulos para assistir offline.
Qualidade do vídeo:
Full HD

Torne-se Membro da Brasil Paralelo

Assine e tenha 12 meses de acesso a todo o catálogo e aos próximos lançamentos da BP