Devido ao lançamento da série A Sétima Arte, não teremos os programas diários nessa semana. Retornaremos com a programação normal no dia 01 de novembro.

Um pensa que é Jesus, o outro é ateu, o terceiro tem problemas amorosos por causa da fé

Um clássico do cinema sobre conflitos familiares, crenças, amor e fé.
Comunicação Brasil Paralelo
Compartilhe com amigos
4/2/2022

A estreia dessa semana é o aclamado filme A Palavra (1955), do diretor Carl Theodor Dreyer. O filme é um clássico nórdico que apresenta a temática religiosa da Fé em uma construção cinematográfica intelectual. 

A Palavra conta a história de um fazendeiro viúvo, muito religioso, que tem três filhos adultos. O mais velho é ateu. O mais novo quer se casar com a filha do vizinho, mas a família dela é de outra religião e o pai não permite. O filho do meio, Johannes, foi estudar para ser padre, e pensa que é Jesus Cristo.

A família tem o ápice do sofrimento quando a mulher do filho mais velho, Ingrid, morre ao tentar dar a luz ao filho. Johannes, acreditando ter os poderes de Cristo, tenta ressuscitá-la.

O filme nos insere na discussão sobre a relação da Fé com a presença imediata de Deus; A relação do que é a palavra, o evangelho em si, e a efetiva presença Divina na vida cotidiana.

Trata-se de uma adaptação da peça teatral homônima de Kaj Munk, considerado por alguns críticos como a obra-máxima do mestre Dreyer.

O tom contemplativo e reflexivo do filme, com cenas longas, poucos cortes e poucas movimentações dos atores, traz um alto apelo emocional e sensorial, sendo capaz de tocar profundamente o expectador.

O filme A Palavra estreia nessa quinta-feira, 10/março na plataforma de streaming da Brasil Paralelo.

Não perca essa estreia e assine a BP Select agora. A Palavra estreia na próxima quinta, 10/março, acompanhado de vídeo-análise e podcast exclusivos para os assinantes para se aprofundar ainda mais nessa tocante e enriquecedora obra do grande cineasta Dreyer.

Ver todas as notícias